Para melhorar sua experiência, nós guardamos algumas informações de navegação, chamadas de Cookies. Para obter mais informações, consulte nosso Termo de Privacidade.

É preciso estar atento à gestão fiscal do seu negócio para obter os melhores resultados

Temas como produtividade, clima, fluxo de caixa, mercado, entre outros, fazem parte do cotidiano complexo do empresário rural, que precisa estar sempre atento à estas variáveis para alcançar os melhores resultados dentro da propriedade. Mas e a gestão fiscal, como fica?

Engana-se quem pensa que este assunto não é de responsabilidade do produtor rural. Em alguns casos, esse acaba transferindo a incumbência ao profissional que lhe atende, vendo-a como prioridade somente na época da Declaração do Imposto de Renda, atitude que deve ser revista.

Hoje, é inegável o crescimento, a participação e a importância do agronegócio na economia do país, o que desperta atenção e volta os olhos do fisco para o setor. Por isso, não é à toa que foram criadas novas obrigações acessórias e mecanismos de controle, tudo para facilitar o processo fiscalizatório junto ao setor, caso do Livro Caixa Digital do Produtor Rural.

Além destes novos recursos criados, percebe-se um aumento significativo nas operações fiscais voltadas ao agro, sendo a mais recente a Operação Declara Grãos , iniciada em 2019 no estado do Rio Grande do Sul, com expansão para outros estados da federação, incluindo Minas Gerais, São Paulo e Mato Grosso.

Neste contexto, o empresário rural precisa estar atento e se dedicar também a área fiscal do negócio, zelando pela organização e controle dos dados da empresa rural, a fim de estar em conformidade com o fisco.

Pensando nisso, a Safras & Cifras separou algumas dicas úteis, que auxiliarão o produtor nesta tarefa. Confira:

1. Segregação de contas bancárias

É comum encontrar a exploração da atividade rural em nome de produtores rurais Pessoa Física (PF). Porém, mesmo que pertença tudo a uma só pessoa, é importante separar o caixa do negócio, do caixa particular do produtor. Por isso, a dica é ter contas bancárias exclusivas para o movimento do negócio, separando os pagamentos e recebimentos ligados à atividade, daqueles que dizem respeito à vida particular do produtor. Essa prática, além de facilitar a organização e o controle dos dados fiscais da empresa rural, resulta em maior transparência entre os sócios do negócio.

2. Manutenção da conciliação bancária

A conciliação bancária, em resumo, é o processo de transcrever todos os movimentos da conta bancária do negócio - entradas e saídas - em um sistema. Isso garante a qualidade das informações geradas para entrega ao fisco, já que toda a transação ligada ao negócio estará contabilizada. Assim, tão importante quanto separar as contas bancárias, é a prática de manter a conciliação das que pertencem ao negócio em dia.

Organização e guarda da documentação fiscal

Para que uma conciliação seja precisa, faz-se necessária a organização e guarda dos documentos fiscais que respaldem os lançamentos efetuados, proporcionando segurança e tranquilidade aos envolvidos no negócio.

3. Classificação dos lançamentos

Como sabemos, nem toda transação deverá ser computada no resultado fiscal do negócio, por isso é imprescindível classificar corretamente os lançamentos ocorridos no movimento bancário, mantendo assim a conformidade dos números apresentados.

4. Acompanhamento dos números

Por último, mas não menos importante, vem a prática de acompanhamento dos números. Essa, além de proporcionar controle ao empresário rural, permite a adoção de estratégias que impactem positivamente no resultado do negócio, aumentando a margem e reduzindo o desembolso com tributos.

Conte com a Safras & Cifras

Embora pareçam complexas, estas são ações simples que proporcionam segurança e transparência aos produtores rurais e seus familiares, garantindo a conformidade fiscal do negócio e auxiliando na gestão tributária. Precisa de ajuda para organizar todo esse processo? A Safras & Cifras atua há mais de 30 anos com famílias empresárias rurais e conta com técnicos qualificados e capacitados para auxiliá-lo a vencer esse desafio e ter mais tranquilidade na operação do negócio.

Sobre a Safras & Cifras

Criada em 1990, na cidade de Pelotas, no sul do estado do Rio Grande do Sul, a Safras & Cifras trabalha para famílias do agronegócio, trazendo soluções em Planejamento Sucessório, Governança, Planejamento Tributário e Gestão Econômica e Financeira. Acompanhe as redes sociais da Safras & Cifras **- @safrasecifras** - e fique por dentro das novidades. Artigo elaborado por Matheus Machado, consultor da Safras & Cifras

Conteúdos relacionados